iPoomWeb Agência Digital

Blog - Tendências

6 dicas para promover o Marketing Digital na sua empresa.

Publicado em 23.05.2016 às 10:57 | Postado em: Tendências | Fonte: http://digitalks.com.br/
Compartilhe:

No mundo multicanal, multidispositivos em que vivemos hoje, as pessoas ficam conectadas 24 horas por dia, com diversas informações disponíveis na ponta dos dedos, literalmente. Como resultado disso, a forma como as pessoas interagem com as marcas mudou, e, em muitos casos, o ciclo de compras também.

Felizmente, a tecnologia evoluiu, permitindo que os Profissionais de Marketing absorvessem mais o comportamento e preferências dos consumidores, construindo campanhas mais sofisticadas e personalizadas.

Veja essas seis dicas para incorporar a personalização em seus esforços de Marketing Digital.

 

1 – Você acabou de começar

Você não precisa criar uma campanha digital super complexa logo de cara, alguns profissionais de Marketing leem sobre as inúmeras possibilidades de personalização e ficam paralisados diante das possibilidades. Faça diferente, tente pensar grande, mas comece pequeno.

Isso não quer dizer que você deva ser displicente com conteúdo, mas comece pelo começo e construa camadas de sofisticação ao longo do tempo, inicie com uma campanha em que os destinatários recebam a mesma mensagem, em geral, contendo informações sobre um produto, destaques da empresa ou eventos futuros.

Só de começar esse processo, você irá ver alguns benefícios e respostas, e, a partir daí, dedicar mais tempo e recursos para incluir, gradativamente, complexidade à sua campanha.

 

2 – Colete os dados corretos

Se você quer agregar sofisticação, você precisa de dados para fazê-lo. Por isso, terá que se esforçar para coletar informações importantes de seus consumidores, dados como o tipo de indústria, tamanho da empresa e maiores desafios (para B2B) ou idade, localização e interesses (para B2C).

Em vez de pedir todas essas informações de uma vez, faça um perfil progressivo, para coletar gradualmente essas informações. Usando um criador de formulários progressivos na web você pode simplesmente priorizar quais perguntas você gostaria de fazer aos seus clientes.

Além dessas informações “explícitas”, você também pode usar ferramentas como o Rastreamento via Web para capturar condutas dos visitantes do seu website, esses comportamentos lhe permitirão coletar “preferências implícitas” relativas aos interesses de seus contatos.

 

3 – Para agregar personalização, use conteúdo dinâmico

Agora que você já tem informações críticas do comportamento e dados dos seus clientes, é hora de começar a personalizar o conteúdo que você direciona a eles, de forma dinâmica.

Alguns exemplos: conteúdo baseado nas buscas feitas, conteúdos baseados na indústria ou cargo, enfim, as possibilidades são inúmeras.

 

4 – Considere ser multicanal

A comunicação via e-mail, quando bem feita, é muito poderosa. Mas não deixe de considerar outros esforços de comunicação como SMS, Push Notification, ligações e até mesmo mídia impressa! Desde que o conteúdo abordado em cada canal converse com os demais e esteja de acordo com o momento em que o cliente está na jornada de compra, aproveite e aprofunde a interação com seus clientes, os direcionando para um nível mais elevado de envolvimento.

 

5 – Faça uma abordagem considerando a persona

Quem são seus clientes e qual é a jornada que eles percorrem normalmente antes de se tornarem compradores? Para ter certeza que você está se conectando de forma assertiva com seus receptores, a sua mensagem deve estar de acordo não somente com o perfil do comprador mas também com o momento em que ele se encontra na jornada de compra.

Neste ponto, você deve considerar mais do que apenas uma segmentação baseada em dados demográficos, por isso a coleta de dados do item 2 é tão essencial, se você obtém informações explícitas e implícitas, está preparado para construir a base de uma campanha personalizada.

 

6 – Avalie sua matriz de conteúdo

Depois de desenvolver sua segmentação baseada na persona, examine o conteúdo existente e alinhe-o para cada uma. Para ajudá-lo, você pode criar uma planilha: na linhas, coloque as etapas do ciclo de compra, e, nas colunas, todas as personas ou consumidores de conteúdo que você definiu. Isso lhe permitirá identificar as lacunas nas quais você precisa agregar conteúdo.

Faça que seja prioridade investir budget e recursos para preencher os gaps na sua estrutura de conteúdo e mantenha ela constantemente atualizada baseada nos resultados de cada campanha.

Espero que essas dicas o ajude a construir campanhas mais assertivas e com maiores resultados!

Continue lendo o artigo »

  • 1

Receba nossas novidades

Receba dicas e novidades diretamente em seu e-mail.

Categorias

Últimos Posts